A IOV

  A IOV é uma organização mundial de pessoas e instituições que trabalham para documentar, preservar e promover todas as formas de arte popular, tangíveis e intangíveis. A organização foi fundada na Bélgica em 1979 e está registrada sob as leis da Áustria, onde o Escritório da Secretaria IOV está situado.

   A IOV apoia festivais nacionais e internacionais de arte popular, bem como o intercâmbio cultural dos artistas do espetáculo e artes visuais. Através de seus simpósios científicos e pedagógicos e workshops, o IOV incentiva a pesquisa acadêmica, documentação e publicação sobre temas relacionados à arte e tradições folclóricas. Conferências recentes têm explorado os aspectos da narração de histórias, brincadeiras infantis, lendas, artesanato, contos folclóricos, dança, tecelagem e têxteis, fabricação de ferramentas, práticas religiosas, trajes, arquitetura, práticas sociais e festas sazonais. A Convenção da UNESCO sob a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial, com sua ênfase na pesquisa e documentação, fornece o quadro para os programas e projetos do IOV.

     A IOV é uma ONG que tem relações operacionais com a UNESCO. Atualmente possuí mais de 3000 membros e está presente em mais de 180 países.

A Organização Internacional de Folclore IOV é uma ONG sem fins lucrativos que envolve, apoia e auxilia a execução de várias atividades relacionadas a folclore . desde sua raíz mais profunda, até as artes populares mais modernas, respeitando a essência de cada área e eventos de forma a não descaracterizar nenhuma delas.
A IOV possui relações operacionais com a UNESCO, que é um braço da ECOSOC, Conselho Econômico e Social da ONU.

A UNESCO é um braço da ONU que protege todo o tipo de arte, tangível e intangível, tradicional e moderna fazendo com que a IOV abrace todos os tipos de artes populares para tê-la consigo, como relações operacionais.
Hoje em dia a UNESCO contempla todo o tipo de arte desde que seja justificada sua origem. Antiga ou moderna – como o grafite e a tatuagem que era utilizada por índios.
O fato da UNESCO e da IOV contemplar todos os tipos de arte faz com que cada uma delas seja mantida a sua origem, ou seja, a busca do estabelecimento de critérios de utilização e apresentação se faz necessária.
Cada segmento da arte, como o folclore, a arte moderna, danças contemporâneas possui seu regulamento específico já pré-estabelecido pela IOV para tornar padronizar os eventos no resto do mundo, exemplificando, para que um grupo do Brasil saiba como será um festival de folclore da IOV fora do país, ou para grupos de fora do país saibam como serão os festivais no nosso país.

É esse regulamento de festivais preserva a essência de cada segmento, porém ele não é rígido. Um festival de folclore, por exemplo, pode contemplar danças modernas ou não, fica a critério do organizador. A IOV Mundial abraça todos os tipo de arte.

Os festivais de maior predominância na IOV pelo mundo são os festivais de folclore, mas também existem festivais de teatro, festivais de danças contemporâneas, festivais de ballet, conferências para pesquisadores onde teses sobre folclore e demais artes podem ser apresentadas para todo o mundo, nos 190 países que possuem representação da IOV, bem como ser solicitado pela UNESCO, conferências para jovens, conferências de paz com apoio da ONU.
Para trabalhar os segmentos de forma específica ou em conjunto, a IOV criou comissões. A IOV B5rasil está aderindo às comissões para poder segmentar seus trabalho, e passarão a ser efetivas a partir de janeiro de 2012. A comissão de cada segmento será responsável em auxiliar secretários, subsecretários e demais membros em cada segmento, tendo cada qual responsável pelo regulamento específico de cada área.

Anúncios