I Fórum IOV Ceará de Folclore e Artes Populares

A representação da IOV no Ceará convidou os representantes da Cultura, representantes de associações de artes populares, coordenadores de grupos de danças folclóricas de todos os gêneros, a classe artistas popular, representantes de pontos de cultura, artesões, gestores estaduais e municipais, demais associações, agremiações representantes de eventos, SEBRAE, professores, estudiosos e demais interessados para o I Fórum IOV-CEARÀ de Folclore e Artes Populares que se realizou nos dias 18 e 19 de março de 2011,na Casa de Juvenal Galeno, instalada no Centro de Fortaleza Estado do Ceará.
Neste evento contamos com a palestra de várias personalidades atuantes no cenário atual do Folclore Nacional e Internacional, tais como a Prof.ª Terezinha Pasqualini Miquilin, atual presidente do IOV Brasil e América do Sul. Personalidades de outros estados do Brasil e professores ilustres do Folclore e das manifestações populares do Ceará.
Um Fórum de palestras sobre os objetivos do IOV no Brasil e discussões de temas de grande interesse para as questões da Arte Popular no Brasil como: grupos parafolcloricos e as manifestações culturais de raiz.
Dentre as atividades apresentamos a nova gestão do IOV no país, forma de trabalhos e objetivos dos representantes do IOV nos estados e cidades brasileiras, os benefícios para grupos folclóricos, artesãos, artistas populares e de todas as categorias e os festivais filiados ao IOV no mundo e em reconhecimento aos trabalhos de pessoas e entidades que respeitam, valorizam e divulgam nossas formas de artes populares do Estado do Ceará foi oferecido um coquetel para os participantes inscritos, onde foram homenageados personalidades como a professora Valquíria Mendes, o cantor e apresentador Dílson Pinheiro, a Comissão Cearense de Folclore e o Grupo de Tradições Cearenses, pelo seu aniversário de 45 anos de existência.
Foi um evento muito bem elaborado pela IOV Ceará.

“Permito-me usar deste meio para dirigir-me aos batalhadores pela arte popular e pelo folclore. Durante uma semana fiquei pensando em tudo o que juntos passamos no Ceará. Tenho relembrado e refletido sobre as palestras, sobre as palavras, sobre os ensinamentos, sobre os gestos, sobre os testemunhos, sobre as dicas, sobre os risos, sobre os almoços, sobre a dança, sobre os quitutes gostosos, sobre o suco de cajá, sobre a calorosa recepção e sobre a manifestação sincera de cada um. E é justamente aqui que quero chegar: na manifestação sincera das pessoas com quem estive. Minha colega e amiga Carla não me deixa mentir e sabe do que falo, quando tantas vezes aperto a tecla da sinceridade e da verdade.
O folclore e a arte popular, em seu âmbito geral, ocorrem unicamente quando se tem certeza do objetivo que se quer atingir. E isto, amigos da IOV, nós temos. Temos metas e objetivos que queremos alcançar! Sonhamos e acreditamos nestes sonhos! Estamos fazendo de tudo para torná-los reais. O Fórum tão especialmente preparado e organizado reforçou esta tese. Por quê? Porque acreditamos na manifestação artística, cuja essência é a recriação da realidade. Valorizamos isto, mesmo sabendo que muito da consciência do povo precisa mudar… mesmo tendo a ciência da precariedade financeira investida em cultura. Estes dois aspectos facilmente são explicados: “é preciso conhecer para aceitar”. Pois, por outro lado, parece-me que isto apenas são detalhes. Detalhes significativos, mas que não abalam o amor pela causa. E por acreditarmos nisto, continuamos firmes, sabendo que os obstáculos apenas são necessários para nosso crescimento, e o fortalecimento na vontade em seguir trilhando este caminho. Somos corajosos e “metemos a cara”.
Amigos, que esta breve reflexão seja minha contribuição no momento atual junto à IOV. Sejam estas considerações compreendidas como uma sincera manifestação de um apaixonado por cultura. Sejam estas palavras vistas como reconhecimento e agradecimento por tudo o que vivemos até aqui. Aos mais amigos e aos menos amigos, meu abraço fraterno e o desejo de continuarmos por longos anos unidos em prol desta nobre causa. A nossa professora, um obrigado por abraçar esta importante ferramenta que zela pela cultura e pelos costumes de um povo.

Paulo Roberto Staudt
Subsecretário – IOV – Nova Petrópolis/RS

“O Fórum foi maravilhoso!Tivemos a oportunidade de trocar experiências sobre um tema tão palpitante para todos nós, que são as culturas populares.Pudemos ainda compartilhar as nossas experiências com os companheiros de outros estados, Como diz Câmara Cascudo, “Você caboclo que cresce, sem instrução e nem saber, estuda mas não conhece, folclore, o que quer dizer?” Quanto mais pesquisamos, quanto mais estudamos e pesquisamos, mais temos o que descobrir sobre o tema, por isso, mais instigados ficamos a descobrir novidades com as nossas pesquisas, e isso, o IOV soube nos estimular muito bem durante o encontro.Assim sendo, aguardemos os outros fóruns para trazer novidades.
Parabéns a todos os participantes e aos organizadores.” Lúcio Filho Jornalista e escritor

“Participar do I Fórum – IOV – Ceará de Folclore e Artes Populares, nos dias 18 e 19 de março de 2011, significou, construir novos segmentos e pensamentos sobre a dinâmica da cultura popular. Há de se considerar que
existe uma constante na cultura que são as mudanças. Pode-se dizer que há mobilidades dos símbolos, que o mundo é codificado e que precisamos de projetos e pesquisas que fortaleçam a dinâmica da cultura popular.
Nesse sentido, agradeço a nomeação como secretária representante do Estado de Pernambuco da IOV – Brasil/Unesco. Afinidade, interesse, admiração e paixão são características que o grupo do IOV possui pela tradição, folclore e cultura popular. Parabéns a organização do evento. Parabéns a todos.”Rúbia Lóssio – Secretária da IOV do Estado de Pernambuco

“Ola amigos, Me senti como se estivessem contando a história da minha vida, pois vocês homenagearam a minha primeira professora, meu segundo professor e o grupo que passei grande parte da minha carreira.Foi super gratificante e ficou notorio o grande sacrificio que todos vcs da comissão organizadora fizeram para que o nosso Ceara fosse um sucesso.
Espero em breve recebe-los na minha modesta cidade.Parabens e obrigado por tudo.” Renato Remigio Gestor e Produtor Cultural,Secretário de Cultura e Turísmo, Subsecretário da IOV BRASIL da Cidade de Limoeiro do Norte – CE

“Irmãos e amigos da IOV-Brasil, gostaria de expressar a minha satisfação e realização quando da participação no I Fórum IOV-Ceará de Folclore e Artes Populares. Estou orgulhosa de fazer parte da equipe IOV-Brasil, já que tive o prazer de conhecer os integrantes desta equipe e do trabalho proposto para esta importante organização mundial. Fui nomeada Secretária Estadual da IOV – Minas Gerais e me sinto estimulada para o trabalho de cadastramento, promoção e difusão da cultura popular deste estado.
Conhecer a nossa Presidente no Brasil, a Sra. Terezinha Pasqualini, foi uma fonte de entusiasmo e de determinação para abraçarmos a missão da IOV com dedicação e amor. Na ocasião pude observar a pessoa de fina educação que é a Sra. Terezinha – equilibrada e inteligente, que busca à frente da IOV-Brasil, formar uma equipe com representantes de todo o território brasileiro, tornando sua gestão democrática e no rumo da eficiência.
Gostaria de agradecer aos organizadores do evento – o nosso Secretário Nacional Clerton Vieira; o Secretário da IOV-Ceará, Lairton dos Santos; e a Secretária da Presidência, Daniela Santos; pela boa acolhida e pelo excelente trabalho realizado durante o fórum. Também deixo os meus agradecimentos à direção da Casa Juvenal Galeno, que nos impressionou pelo trabalho em prol da cultura cearense e nos acolheu com especial carinho.
Neste encontro tive oportunidade de fazer novos amigos. Além de todos citados acima, quero lembrar de Dilermano e Alcione (Belém do Pará), Carla Cristina e Paulo Roberto (Rio G. do Sul), Maria de Fátima e seu irmão (Alagoas), Lidiane Spinosa, Renato Maia e José Maria de Paula (Ceará), Rúbia Lóssio (Recife), Maria de Lourdes Macena (Comissão Nacional de Forclore), Sr. José Clerton de Oliveira (Comissão Cearense de Folclore), Antonio Galeno (Casa Juvenal Galleno), e Manoel Miquilin (São Bernardo/SP).

Espero nos encontrarmos novamente, em breve, para discutir novas idéias, apresentar novos projetos e juntos afirmar cada vez mais a nossa proposta de trabalhar incansavelmente pela missão da Organização Internacional de Arte Popular.”
Jacqueline Pimenta de Carvalho
Secretária IOV Brasil de Minas Gerais
Secção Estadual IOV Brail de Minas Gerais

Anúncios