ASSEMBLÉIA GERAL

Carta de presidente da IOV Mundial:

Caros Amigos e Colegas da IOV, 

Em nome dos dirigentes recém-eleitos do IOV Gostaria de agradecer por nos dar um novo mandato para conduzir o IOV como uma equipe para o próximo mandato. Tem sido um trabalho difícil para muitos de nós que lá estiveram no passado. Muito do nosso tempo, energia e recursos pessoais foram colocados no trabalho para sustentar a organização. Devemo-lo também para muitos de nossos membros que tenham colaborado em várias atividades e eventos e que, voluntariamente, organizou eventos de grande e pequeno, com sua própria sabedoria e criatividade. Eu tentei dar-lhes crédito na minha apresentação na Assembléia Geral. Para aqueles a quem eu inadvertidamente falharam, peço desculpas. Espero que no futuro você vai fazer uso do site IOV para dizer ao mundo do trabalho que você faz.

Gostaria de agradecer aos nossos organizadores e anfitriões em Praga, o Sr. Zdenek Psenica e Mrnustikova Jarmila, IOV Tcheca, que passou centenas de horas com George Frandsen, Lazar Rina, Dugal Guy e Helga para coordenar a inscrição dos membros para o GA.
Obrigado pela ajuda de Krystina, Chromikova Jarmila e os intérpretes eficientes da universidade em Praga.

Um agradecimento especial para Atty. George Frandsen registrou o maior número de membros em uma montagem, o maior que já teve IOV. Ele também completou o estatuto social, o registro do IOV ao ECOSOC e ao ICH ONG Comitê da UNESCO.

Agradeço a nossos diretores recém-eleitos para aceitar a servir. Eles são:
Secretário Geral – Atty. George Frandsen (EUA)
Vice-Presidentes – Mila Santova (Bulgária)
Ali Abdulla Khalifa (Bahrain)
Rikus Draijer (Holanda)
Emma Chen Hoefler (China)
Secretário – Rina Lazar (Israel)
Tesoureiro – Guy Dugal (EUA)

Posso fechar com um trecho de minhas observações iniciais durante o GA, “Um místico, o Padre Pio de Pietrelcina, Itália, uma vez disse:” Como as pérolas são mantidas juntas por um fio, assim as virtudes são mantidos juntos pela caridade, como as pérolas cair quando as quebras de fio, assim as virtudes são perdidas se diminui a caridade. “

Eu tomei a liberdade de pedir isso e aplicá-la a nós mesmos. ”Como as pérolas são mantidas juntas por um fio, assim, também, são povos unidas pela arte popular, como as pérolas caem quando as quebras de fio, assim, também, que os povos desconectar quando a arte popular diminui.” 

Eu encorajo nossos diretores, secretários executivos regionais, chefes de secção nacionais, membros da comissão para assumir a liderança não à luz de poder e autoridade, mas no conceito de liderança como serviço de serviço, para a humanidade, serviço desinteressado para as necessidades das nossas comunidades indígenas , serviço de promoção da cultura popular com a finalidade de fortalecer a identidade das nações com o objetivo de unificar as nações, apesar da diversidade de culturas.

Ao fazê-lo nosso objetivo final é trazer povos juntos pela paz, entendimento  mútuo, tolerância, harmonia e respeito um para o outro culturas “.

Obrigado.

Carmen Padilla

Presidente Mundial da IOV

ASSEMBLEIA GERAL EM PRAGA- REPUBLICA TCHECA por Daniela Santos

Dia 26 a 29 de abril

Aconteceu, em Praga-Republica Tcheca, a Assembléia Geral da IOV, momento onde lideres da IOV Mundial, de quase 200 países se encontraram para discutirem estatutos, apresentar balanços e principalmente para votar nos proximos presidentes, vice-presidentes de comissões e Secretário Geral Mundial.

Um novo modelo de trabalho foi proposto e votado. Um dos exemplos de mudanças é que não teremos mais vários vice-presidentes e que as Secretarias Executivas Regionais, como é o caso da prof Terezinha na América do Sul, passa a fazer parte da Direção Mundial da IOV, juntos aos vice-presidentes e presidente da IOV. As outras mudanças passaremos no nosso proximo encontro no dia 27 de julho, em Nova Petrópolis.

O evento iniciou no dia 26 de maio, com um jantar onde todos puderam se reencontrar e conversar, e em seguida um Coquetel no proprio hotel onde puderam trocar contatos e se conhecerem mais um pouco.

Já no dia 27 de maio, hoje, os trabalhos começaram cedo. Tivemos um cerimonial de abertura e a explanação de vários relatórios, iniciando com o da Presidente Mundial – Carmem Padilla, que não deixou de citar sua passagem pelo Brasil. Em seguida, nosso Secretario Geral George Frandsen e logo depois o Sr. Guy Dungal , tesoureiro da IOV Mundial. O Sr. David Carlquist foi apresentado como Coordenador da eleição e fui apresentada novamente como oficial de eleição, convite feito há alguns meses, passando a fazer parte na organização da eleição da IOV Mundial.

Olvin Valentin, representante da IOV Jovem, bem como os organizadores do Congresso Mundial da IOV Jovem, Mia Lindgren e Andreas Sohlberg, também explanaram sobre os trabalhos realizados e como será o encontro de jovens, onde o Brasil será representado por 5 jovens. Todos os jovens deverão sir ao Congresso com a consciencia que terá muito trabalho para realizar durante o congresso e após o mesmo.

Tivemos várias outras palestras e apresentações. Cada país foi chamado para apresentar a comitiva que trouxe de seu país. A prof Terezinha já conhecia grande parte dos representantes de cada país.

Tivemos a apresentação do candidatos a eleição e em seguida a eleição. Depois teremos a primeira reunião entre as Seções Nacionais e Secretarias Executivas Continentais.

A professora Terezinha apresentou os trabalhos realizados pela IOV Brasil neste três ultimos anos em uma palestra agendada para domingo.

No dia 28 de abril tivemos algumas palestras sobre Responsabilidades da Direção da IOV, sobre Confiltos de Interesses e Políticas da IOV.

A Comissão de Pesquisas também palestrou e em seguida iniciou-se as eleições, com algumas moções a serem votadas pelas Sessões Nacionais. No Brasil apenas a presidente da IOV pode votar, e David Carlquist e Daniela Santos contaram os votos e demos o resultado imediatamente apos a votação.

A diretoria da IOV ficará desta forma: Carmen Padilla – Presidente, Geoge Frandsen – Secretário Geral, 4 vice-presidentes ,  tesoureiro e secretária.

Rikus Drajer fez uma palestra sobre festivais e sobre Organizações nas Sessões Nacionais e em seguida foi, tão esperada por eles, palestra da prof Terezinha, que explicou como o Brasil  e América do Sul estão organizados e como ficará sua organização com as alterações solicitadas por eles dentro da nossa organização.

Depois da sua palestra, que foi finalizada com um video sobre o Brasil, George Frandsen explicou outras alterações que deverão ser implementadas em todas as Sessões Nacionais, principalmente sobre o tesouro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s